A Grande Errância

Malabarismo Poético

Monchique · Aljezur · Odemira · Santiago do Cacém
9 A 30 OUT

Lavrar o Mira e a Lagoa e Lavrar o Mar são projectos culturais irmãos, ligados por uma herança comum: entrelaçar a terra e a água com os afazeres da arte, fazendo surgir momentos com imagens que irão pousar nos nossos olhos durante muito tempo.

Esta travessia pelas estações propõe projectos de artistas que mais se parecem às migrações dos pássaros, que voam de um Algarve serrano e atlântico para um Alentejo litoral, ambos em transformação galopante.
Mas há também projectos distintos em cada território, que farão os públicos ir em busca de experiências únicas de maravilhamento nesta época de impossibilidades. São os objectos-motor desta programação, e são dois: BÁLSAMO, do lado algarvio, e BOWING, do lado alentejano. BÁLSAMO apazigua-nos com os mistérios da alquimia do paladar, em Aljezur, e BOWING assalta-nos com a questão do Oriente que rescreve a história do Alentejo, em São Teotónio. Este último trata-se de um projecto a dois anos que tenta trabalhar a aproximação entre Ocidente e Oriente, através de um contacto artístico entre as duas partes que compõem esta equação: o povo alentejano e os 13.000 trabalhadores migrantes vindos sobretudo da Índia, Nepal e Bangladesh, que chegam com a esperança de encontrar, entre nós, uma vida melhor.

Programa

9 a 30 out

A Grande Errância

Collectif Protocole / Malabarismo Poético / França

23 OUT A 7 NOV

Não

Giacomo Scalisi / Teatro / Portugal

12 A 14 NOV

Bowing

Nova Criação / Portugal

11 DEZ A 2 JAN

Campana

Cie. Trottola / Novo Circo / França

Um projecto
Financiado por
Apoios
Media partners